Foram desenvolvidas técnicas não invasivas alternativas aos procedimentos tradicionais para tratar os vasinhos. O laser é uma alternativa moderna, eficaz e otimiza resultados.

A escleroterapia a laser consiste no aumento da temperatura dentro do vasinho que sofre uma contração ou até mesmo sua cauterização a depender do tamanho. A técnica também pode ser associada com a escleroterapia líquida ou espuma para um resultado mais eficaz .

A técnica CLACS também é outra opção minimamente invasiva, que combina o uso do laser transdérmico, a escleroterapia (com injeção de glicose a 75%) e o resfriamento da pele, com o intuito de reduzir a dor e o desconforto durante o procedimento.

Diminui o risco de complicações e pode ser feita no próprio consultório, logo o paciente pode retornar às atividades normais no mesmo dia, sem a necessidade de cuidados pós-operatórios.

Antes de iniciar qualquer tratamento, consulte um médico angiologista ou cirurgião vascular para a indicação da melhor técnica para o seu caso.

A quantidade de sessões varia de paciente para paciente, dependendo do grau de comprometimento das veias e do tratamento escolhido. Não arrisque sua saúde! Trate os vasinhos para evitar problemas futuros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?